quarta-feira, 13 de julho de 2011

Muito Romântico


Não tenho nada com isso nem vem falar
Eu não consigo entender sua lógica.
Minha palavra cantada pode espantar
E aos seus ouvidos parecer exótica.
Mais acontece que eu não posso me deixar
Levar por um papo que já não deu (Não deu)
Axo que nada restou pra guardar
DO muito ou pouco que houve entre você e eu.
Nem uma força virá me fazer calar
Faço no tempo soar minha silaba
Canto somente o que pede pra se cantar
Sou o que sou eu não tomo a pilula.
Tudo o que eu Quero é um acorde perfeito (maior)
COm todo mundo podendo brilhar no cantico
Canto somente o que não pode mais se calar
Em outras palavras sou muito romântico
Canto somente o que não pode mais se calar
Em outras palavras sou muito romântico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário