segunda-feira, 6 de setembro de 2010

"O amor é o ridículo da vida.
A gente procura nele uma pureza impossível, uma pureza que está sempre se pondo. A vida veio e me levou com ela. Sorte é se abandonar e aceitar essa vaga ideia de paraiso que nos persegue, bonita e breve, como borboletas que só vivem 24 horas. Morrer não doi."


Cazuza.

Procura-se um amor. Que seja sincero, é importante. Que seja autêntico. Sem dúvida. Que venha das profundezas da alma, mas tenha carne. Procura-se um amor perfeito nas imperfeições do ser, adulto na permanecente infância dos sonhos e das tentações Procura-se um amor inteiro nas metades incompletas tão incompletas que não possam viver uma sem a outra. Procura-se um amor ciumento, agressivo, desbocado até, o que importa? só importa o amor com todos os exageros pois só o exagero reflete a verdade e é na diferença dos temperamentos que o um sonhar o outro encanta e fascina
ERIKO ALVYM



"Quando eu começo a gostar de você, você vai embora." (De Repente é Amor)

Um comentário:

  1. Parece que você está magoada ou triste.
    Acho que esse é o primeiro comentário que deixo para alguém que não conheco... Não sei se estarei certo ou não, mas ao que parece, alguem te magoou... se foi isso, desculpe se parecer frio, mas uma hora essa dor passa! Existem vários tipos de amor... só depende do tipo de pessoa em que a gente procura esse sentimento.

    ResponderExcluir