domingo, 18 de julho de 2010

Pobre menina ...
Tornou -se prisioneira ...
Atrás de grades invisíveis
e deseja voar!

Mas sente suas asas mutiladas,
sozinha e triste . Apenas observa
o tempo passar e nada faz.

O coração triste que recusa tudo,
até um pequeno gesto de carinho,
sente medo de se machucar, sofrer!

Acha melhor o não querer,o não sentir
insatisfeita. Aceita as grades,
as amarras, os limites impostos.

Pára de debater-se,cuida das asas feridas
na esperança de talvez conseguir
ainda que bem baixinho, voar e amar!...

Joe Luigi

Nenhum comentário:

Postar um comentário